Valmet amplia oferta para indústrias de papel, cartão e Tissue com máquinas de pequeno e médio porte

Aquisição de polonesa PMP Group traz novidades para o leque de soluções da companhia

A Valmet, líder global no fornecimento e desenvolvimento de tecnologia de processos, automação e serviços para os segmentos de celulose, papel e energia, realizou no ano passado a aquisição da companhia polonesa PMP Group, importante player no segmento de tecnologias e serviços para a indústria de papel. Com a novidade, a empresa finlandesa, com forte atuação no mercado brasileiro e sul-americano, traz para os clientes novas soluções para sua cadeia produtiva.

Destaque do novo mix de produtos, a Valmet promoveu recentemente o start-up das caixas de entrada Valmet IntelliJet V para uma grande empresa fabricante de embalagens, papelão e papéis com atuação no Brasil. Esses equipamentos são responsáveis pela formação da folha de papel e pelo controle transversal de gramatura. Com as novas caixas de entrada, a companhia melhorou a formação e perfil de densidade que resultou em economia de fibras e melhoria na qualidade.

Para o importante cliente, a entrega da Valmet inclui uma caixa de entrada IntelliJet V para a camada base com controle de diminuição e outra para a camada superior, ambas equipadas com atenuadores de pulsação. Também fizeram parte do fornecimento os serviços de engenharia, comissionamento e startup. As caixas de entrada foram projetadas para a velocidade de 750 m/min e a largura de 2550 mm.

Projeto pioneiro

A disponibilização das caixas de entrada é o primeiro projeto na América do Sul dentro do novo portfólio de fornecimento da Valmet, que agora engloba máquinas de papel de pequeno e médio porte. A companhia também oferece o mais amplo portfólio de produtos do mercado, incluindo as máquinas Opti e IntelliTechnology para a indústria de papel, bem como os equipamentos Advantage e IntelliTissue para os clientes de papel Tissue. O portfólio também inclui soluções de serviços, automação e internet industrial.

A disponibilização das caixas de entrada é o primeiro projeto na América do Sul dentro do novo portfólio

“Essa aquisição foi muito importante para a Valmet, pois ampliou o portfólio com máquinas de pequeno e médio porte, além de reformas e serviços. A Valmet tornou-se mais competitiva, mantendo os diferenciais de sua oferta completa que abrange tecnologia de processos, automação e serviços”, explica Rogério Berardi, diretor da linha de negócios de Papel da Valmet na América do Sul.

“O sucesso deste start-up realizado no Brasil mostra a boa integração das novas tecnologias pelos nossos especialistas locais, que oferecem suporte em campo ou remotamente aos clientes de toda América do Sul. Também oferecemos peças de reposição, reformas e modernizações”, complementa Berardi.

A união de forças entre as duas empresas fortalece ainda mais as capacidades da Valmet para oferecer suporte aos clientes com ampla experiência, soluções de tecnologia e criar novas oportunidades para impulsionar o desempenho de clientes em todo o mundo.

Sobre a Valmet

A Valmet é líder global no fornecimento e desenvolvimento de processos tecnológicos, automação e serviços para os segmentos de celulose, papel e energia. A visão da Valmet é se tornar líder global no atendimento aos clientes. O escopo completo de fornecimento inclui fábricas de celulose, linhas de fabricação de papel, cartão e tissue, além de plantas para geração de bioenergia. Os serviços abrangem desde manutenção e peças de reposição até melhorias nas fábricas. Já as avançadas soluções em automação da Valmet englobam desde simples medições até projetos de automação completos em toda a planta fabril, otimizando o uso de matérias-primas e energia. A Valmet possui mais de 14 mil colaboradores em todo o mundo e, na América do Sul, opera com unidades em Araucária (PR), Sorocaba (SP), Belo Horizonte (MG), Imperatriz (MA) e Concepción, no Chile. Mais informações: www.valmet.com.br.