60 anos de Valmet no Brasil, você faz parte da nossa história

A Valmet tem mais de 220 anos de história industrial e neste ano celebra seis décadas de atuação em território nacional. Chegamos aqui na década de 60 com o mesmo nome Valmet de hoje, mas já nos chamamos Kamyr, Kvaerner, Aker, Metso Paper. São tantos projetos, marcos, ideias, laços, parcerias e conquistas juntos, que queremos conhecer a sua versão dessas histórias.

Comemoramos 60 anos da Valmet no Brasil, venha fazer parte deste evento on-line no dia 10/12 às 11h.
Inscreva-se pelo link: www.valmet60anosbrasil.com.br

 

UMA HISTÓRIA DE TRABALHO E SUCESSO

 

Protagonista das transformações ocorridas na indústria de papel e celulose nas últimas décadas, a Valmet celebra, em 2020, 60 anos de atuação no Brasil. Nascida na Finlândia, a empresa desenvolve e fornece globalmente tecnologias de processo, automação e serviços para os setores de celulose, papel e energia.

Desde a fundação, são 220 anos de história industrial, que teve início quando um pequeno estaleiro ancorou nas Ilhas de Helsinque e, nos primeiros anos do século 20, se tornou propriedade do estado finlandês e parte da Valmet. A empresa estabeleceu, na década de 1950, a fabricação de máquinas de papel em Jyväskylä, na Finlândia, entregando sua primeira máquina em 1953. Nas décadas de 80 e 90, a Valmet vendeu suas fábricas de construção naval, elevadores, tratores e concentrou-se na tecnologia para produção de papel.

A marca Valmet chegou ao Brasil em 1960, com os tratores, divisão que foi vendida na década de 90. No setor de celulose, a história brasileira iniciou em 1972 com a Kamyr, de origem escandinava, que começou com um escritório de vendas em São Paulo. Posteriormente, em 1978, transferiu a operação para a fábrica instalada em Curitiba (PR). No período entre 1990 e 1996, a Kvaerner assumiu o controle da Kamyr e adquiriu a sueca Götaverken, criando então a Kvaerner Pulping.

Em julho de 1999, surgiu a Metso como resultado da fusão entre a Valmet e a Rauma. Na época, a Valmet era uma fornecedora de máquinas de papel e cartão, enquanto as operações da Rauma focavam em tecnologia de fibras, mineração e soluções para controle de fluxo. No ano seguinte, foram adquiridas as tecnologias de fabricação de papel e tissue da Beloit Corporation. Enquanto isso, também em 2000, o grupo Aker comprava a Kvaerner, e alterou o nome para Aker Kvaerner.

A Metso Paper começou a operar em Sorocaba (SP) em 2003. E a aquisição dos negócios de Pulping & Power, da Aker Kvaerner pela Metso, em dezembro de 2006, a capacitou como fornecedora de fábricas completas para a indústria de celulose e papel e também para as oportunidades de negócios de geração de vapor e energia a partir de biomassa. Em 2009, foi negociada a Tamfelt, fabricante de tecidos para filtração e vestimentas para máquinas de papel e celulose.

Já no final de 2013, houve a cisão da Metso em duas empresas com o retorno da Valmet. Os negócios de celulose, papel e energia foram transferidos para a Valmet. Desde então, a empresa vem ganhando força nesse mercado, tanto organicamente, quanto por meio de aquisições de outras empresas do setor.

Em 2015, a Valmet obteve os negócios de Automação de Processos da Metso. Com essa aquisição, a empresa incluiu no portfólio os sistemas de controles para as fábricas (DCS), controles avançados de processos (APCs), scanners para monitoramento de qualidade (QCS) e várias outras tecnologias e aplicações. Além disso, trouxe a base para ofertar todas as soluções de Internet Industrial, ampliando a atuação da companhia junto aos clientes.

A Enertechnix foi comprada em 2018 para complementar a oferta de automação com sistemas de diagnóstico e monitoramento de combustão, principalmente com soluções de imagem e medição de alta temperatura. Em 2019, a GL&V e a J&L passaram a fazer parte da Valmet, aumentando a oferta de produtos e serviços para produção de celulose, preparação de massa, fabricação de papel e acabamento. A aquisição mais recente, ocorrida em 2020, foi a do PMP Group, cujo foco está nas tecnologias de processos e serviços para máquinas de papel tissue de pequeno e médio porte, além de reformas de máquinas de papel e cartão, o que permitirá à Valmet atender a uma gama ainda maior de clientes.

Com presença global, atualmente a Valmet conta com mais de 13 mil profissionais. Na América do Sul, atua com unidades em Araucária (PR), Sorocaba (SP), Belo Horizonte (MG), Imperatriz (MA) e Concepción, no Chile, e tem aproximadamente 800 colaboradores diretos e indiretos.

O conjunto de tecnologias e a excelência no atendimento ao cliente são diferenciais que contribuem para a longevidade e o sucesso da empresa, já que a Valmet sempre se destacou por desenvolver e fornecer as mais avançadas tecnologias de processo, serviços e automação para melhorar o desempenho e aumentar a disponibilidade das plantas. Muitas das inovações em serviços e automação complementam o atendimento aos clientes e consolidaram a companhia como líder de mercado.